Suinocultores mineiros fazem buzinaço em protesto contra a crise do setor em Pará de Minas

Suinocultores mineiros fazem buzinaço em protesto contra a crise do setor em Pará de Minas

 

Com o objetivo de chamar a atenção dos órgãos públicos a respeito da situação delicada em que se encontra o setor suinícola, cerca de 500 produtores de diversas partes do  Estado estiveram reunidos no último sábado (28/07)  na cidade de Pará de Minas, região Centro - Oeste de Minas – 3º maior polo produtor de Minas –  para a realização de um buzinaço que contou com cerca de 100 veículos, entre carretas da atividade e carros de passeio.  “O suinocultor vem sofrendo com altos custos de produção, fechamento de barreiras comerciais e amargando prejuízos, manifestos como este são de grande valia para mostrar a força e a união do setor”  contou José Arnaldo Cardoso Penna, vice - presidente da Associação dos Suinocultores do Estado de Minas Gerais (Asemg) e participante do movimento.

A manifestação teve início às 9 horas no Parque de Exposições de Pará de Minas, de onde fora organizada uma  carreata, que seguiu pelas avenidas que contornam o município antes de retornar ao local da concentração.

À frente da mobilização, a Cooperativa dos Granjeiros do Oeste de Minas – Cogran – que contou com o  apoio da Associação dos Suinocultores do Estado de Minas Gerais (Asemg) e da Associação Brasileira dos Criadores de Suínos (ABCS).

De acordo com o coordenador de suprimentos da Cooperativa dos Granjeiros do Oeste de Minas, Carlos Alberto Santos, mais de 700 granjas estão fechadas no país. "A preocupação  é muito grande. A cada dia diminui o número de granjas, já temos no país mais de 700 granjas fechadas. Hoje, para comprar 32 toneladas de soja, não existe faturamento para pagar quando vencer.  Os produtores e demais envolvidos com o setor estão fazendo sua parte, mas os políticos infelizmente parecem insensíveis às nossas necessidades", comentou.

A categoria reivindica aumento no preço pago pelo animal, redução no valor dos insumos e a efetivação dos benefícios conquistados junto aos Ministérios da Fazenda e da Agricultura. "O  Ministério da Agricultura garantiu o abastecimento de milho e o abastecimento de soja, isso para nós seria muito importante, pois os dois itens são a base do nosso custo de produção, no entanto apesar das promessas e pacotes anunciados ainda nada foi feito de efetivo e a atividade continua passando por um momento complexo ", disse o vice-presidente da Associação dos Suinocultores de Minas Gerais, José Arnaldo Cardoso Pena.

 

 

 

 

Fonte: ASEMG
Publicado em 1/8/2012

Setor de Indústrias Gráficas (SIG), Quadra 01 – Ed. Barão do Rio Branco, sala 118 | CEP: 70.610-410 | Brasília - DF
Telefone: (61) 3030-3200
Design: Conectando Pessoas