Carne suína poderá ser obrigatória no cardápio da merenda escolar

Carne suína poderá ser obrigatória no cardápio da merenda escolar

Proposta para inserir a proteína foi entregue pela ABCS em abril

 

A aprovação do Projeto de Lei 4195/12 que tramita na Câmara pelo deputado Afonso Hamm (PP-RS), poderá tornar a carne suína obrigatória nos cardápios das refeições fornecidas pelo programa de alimentação escolar nas escolas públicas, pelo menos uma vez na semana. A proposta altera a Medida Provisória 2.178-36/01, que dispõe sobre o repasse de recursos financeiros do Programa Nacional de Alimentação Escolar.

Atenta as oportunidades de inserção da carne suína em diferentes nichos, a proposta foi entregue pela Associação Brasileira dos Criadores de Suínos, no mês de abril deste ano, ao Deputado Federal, autor do Projeto de Lei nº 7.524/2010, que propõe a inserção obrigatória de frutas no cardápio de todas as refeições fornecidas pelo programa de alimentação escolar nas escolas. A justificativa para esta inclusão vai desde a importância da ingestão de proteína animal de qualidade e saudabilidade da carne, até a necessidade de políticas públicas para aumentar o consumo de carne suína no Brasil.

O deputado afirma que a intenção é também propiciar melhor qualidade de vida aos estudantes e oferecer aos produtores garantia de escoamento da produção. “A carne suína é rica em proteínas e fonte importante de vitaminas B1, B2, B6, B12 e A e, ainda, boa fonte de zinco, possuindo valor energético aproximado a 147 kcal/100g”, afirma o parlamentar.

Tramitação

O projeto tramita em caráter conclusivo e será analisado pelas comissões de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural; de Educação e Cultura; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

 

Fonte:  ABCS com informações da Agência Câmara
Publicado em 24/10/2012

Setor de Indústrias Gráficas (SIG), Quadra 01 – Ed. Barão do Rio Branco, sala 118 | CEP: 70.610-410 | Brasília - DF
Telefone: (61) 3030-3200
Design: Conectando Pessoas