XV SNDS sela união do setor para a Semana Nacional da Carne Suína

XV SNDS sela união do setor para a Semana Nacional da Carne Suína

 

Uma imagem fala mais que mil palavras... Mas esta foto do XV SNDS (Seminário Nacional de Desenvolvimento da Suinocultura) pede uma explicação. O motivo é que trata-se de um marco para a suinocultura brasileira, para as centenas de milhares de pessoas integrantes do setor nos quatro cantos do Brasil e para os milhões de consumidores que alimentam-se deste produto ao redor do mundo.

De braços erguidos, trajando a camisa e gritando “A Carne Suína é 10” estão centenas de líderes de todos os elos da cadeia no Brasil. Suinocultores que passam seus dias nas granjas, veterinários que pesquisam sobre como melhorar a produção, industriais que trabalham pela maior eficiência e qualidade, executivos de empresas de insumos que se dedicam a oferecer as melhores soluções, parlamentares que lutam por avanços no setor e representantes do varejo que são a face final da suinocultura para seu elo mais importante: o consumidor final.

Nunca o setor de suínos no Brasil conseguiu reunir e mobilizar tantas lideranças em um mesmo evento e, mais que isso, compartilhar uma estratégia comum para seu desenvolvimento. Estas pessoas da imagem representam 70% do rebanho nacional, algumas das maiores e mais importantes indústrias de processamento e de insumos, a maior rede varejista do Brasil, parlamentares e líderes de todas as regiões do país.

“A suinocultura brasileira vive um momento especial que vai conduzi-la ao nível de consumo, representatividade econômica e política que merece. Somos um setor que exportou US$ 1,5 bilhão no ano passado, sendo que 85% de nossa produção fica no mercado interno. Este avanço do setor tomou força com a união que conseguimos”, comentou o presidente da ABCS (Associação Brasileira dos Criadores de Suínos), Marcelo Lopes.

Não foi apenas um grito de “A Carne Suína é 10”. Durante o XV SNDS, a ABCS apresentou a estratégia para o aumento do consumo interno de carne suína, aproximou os diferentes elos e aumentou a sinergia para o bem do setor. O PNDS (Projeto Nacional de Desenvolvimento da Suinocultura) foi detalhado em seus objetivos (chegar a 18 kg de consumo per capita até 2015) e sobre como chegar até lá (sensibilização, capacitação e marketing).

O presidente do conselho deliberativo do Sebrae Nacional, Roberto Simões, elogiou a parceria com a ABCS. “Somos um parceiro da entidade desde 2005 com projetos muito bem sucedidos. Prova disso é que mesmo antes de terminar o primeiro PNDS, já assinamos um segundo: o PNDS Sustentabilidade. A ABCS tem projetos interessantes que abrangem toda a cadeia desde o produtor e a indústria até varejo e consumidores e, desta forma, alcança bons resultados”, disse.

Desde seu início, em 2010, o PNDS já realizou mais de 650 ações em cerca de 180 municípios e capacitou mais de 28 mil produtores, açougueiros e consumidores além de ter sensibilizado 1,2 milhões de pessoas quanto a saudabilidade, versatilidade e a qualidade da carne suína. O consumo per capita no período saltou de 13 kg para chegar a 15,6 kg no ano passado; aumento de 20% depois de anos de estagnação.

Neste ano, já com o PNDS Sustentabilidade, foram capacitados 571 líderes de açougue de 440 lojas do Grupo Pão de Açúcar e do Extra nos estados de São Paulo, Paraná, Rio de Janeiro, Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Distrito Federal. As ações terão continuidade nos meses de agosto e setembro no Nordeste, começando pelo Ceará.

Entre as ferramentas para alcançar estes resultados, estão cursos de cortes, palestras sobre a qualidade e saudabilidade do produto, oficinas gastronômicas, uma grande campanha de marketing e a fundamental união do setor. A coroação deste trabalho será a Semana Nacional da Carne Suína, entre 2 e 16 de outubro, graças a parceria entre ABCS, Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento), Sebrae Nacional, Grupo Pão de Açúcar e Abras (Associação Brasileira de Supermercados).

O diretor de perecíveis do Grupo Pão de Açúcar, Leonardo Miyao, definiu o projeto e os motivos para a parceria com a ABCS. “A campanha surge da ideia de mostrar ao brasileiro que a carne suína reúne tudo aquilo que ele mais gosta: sabor, saúde e preço. O objetivo é alavancar as vendas no Grupo e aumentar o consumo interno no Brasil pela promoção do consumo, capacitação de colaboradores e disseminação de informação”, resumiu.

Assim, depois de anos de preparação de todos os elos, a carne suína receberá todas as atenções promocionais nas 485 lojas do Pão de Açúcar e do Extra nos quatro cantos do país. De fato, o setor e as lideranças presentes nesta foto serão reapresentadas novamente ao consumidor, mas, desta vez, da maneira como a carne suína merece ser vista: um produto saudável, seguro, saboroso e prático. Como diz o slogan e bradam nossos líderes: “A Carne Suína é 10”!

Setor de Indústrias Gráficas (SIG), Quadra 01 – Ed. Barão do Rio Branco, sala 118 | CEP: 70.610-410 | Brasília - DF
Telefone: (61) 3030-3200
Design: Conectando Pessoas