ABCS apoiará suinocultores interessados em importar da China

ABCS apoiará suinocultores interessados em importar da China

Projeto inédito auxilia pequenos e médios produtores

 

A Associação Brasileira dos Criadores de Suínos (ABCS) lança o “Projeto de Auxílio nas Relações Comerciais Brasil-China” para dar suporte aos suinocultores brasileiros interessados em importar equipamentos e/ou produtos de fornecedores chineses.

O projeto surgiu como um resultado da Missão Oficial à China, liderada pela ABCS em parceria com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e Ministério das Relações Exteriores no mês de maio, para concretizar as boas oportunidades de negócio identificadas pela delegação brasileira.

“A ideia é abrir os caminhos nos órgãos brasileiros e chineses para facilitar este intercâmbio entre os empresários dos dois países. A ABCS vai ser um canal de comunicação para os empresários conseguirem os equipamentos e os produtos, que chegam a custar um terço do preço na China”, introduz o presidente da ABCS, Marcelo Lopes.

O inédito Projeto da ABCS é aberto a todos os suinocultores brasileiros que poderão contar com o know how e a rede de relacionamento da associação para fazerem bons negócios.  “É uma assessoria que daremos a todos os produtores. Identificamos esta oportunidade e vamos fazer. O importante é abrir as portas para o pequeno e o médio produtor”, detalhou.

A responsável pelas relações institucionais da ABCS, Ana Paula Cenci Vidal, explica que o papel da ABCS no processo é de aproximar o setor aos Ministérios da Agricultura, Relações Exteriores e da Indústria e Comércio Exterior para melhor orientar os produtores brasileiros interessados em importar.

“A ABCS irá apoiar todos os produtores e não apenas os que participaram da missão. Poderemos orientar sobre os procedimentos e indicar empresas e, a partir daí, também facilitar o diálogo dos interessados com os órgãos governamentais no Brasil e na China. Isso significa mais facilidade e maior nível de segurança para eventuais importações”, explica.

Benchmark

O coordenador do Departamento de Promoção Internacional do Mapa, Luis Claudio Caruso, comentou que a Missão Oficial da suinocultura brasileira à China faz parte de um programa de benchmark. “Estas missões são importantes para que os setores do agronegócio possam aprender com os melhores exemplos em suas áreas. O Mapa apoia setores do agronegócio a se capacitarem em mercados de referência, já fizemos com lácteos, aves e agora apoiamos o setor de suínos”, diz.

O representante do Mapa na Missão da Suinocultura à China, Rafael Requião, disse que os produtores brasileiros estão “bastante confortáveis” quanto a qualidade da produção. “A nossa opinião já na viagem é de que foi uma experiência muito produtiva. Os produtores brasileiros estão muito confortáveis quanto a qualidade da produção”, finaliza.

Para conhecer o Projeto, clique aqui!

 

Fonte: ABCS
Publicado em 10/06/2014

Setor de Indústrias Gráficas (SIG), Quadra 01 – Ed. Barão do Rio Branco, sala 118 | CEP: 70.610-410 | Brasília - DF
Telefone: (61) 3030-3200
Design: Conectando Pessoas