ABCS conclui Cursos de Cortes e Oficinas no Centro Oeste para a 2ª Semana Nacional da Carne Suína

ABCS conclui Cursos de Cortes e Oficinas no Centro Oeste para a 2ª Semana Nacional da Carne Suína

Região destacou-se pelo envolvimento de equipes das lojas Extra e Pão de Açúcar

 

A preparação “A Carne Suína é 10!” das equipes de loja e clientes das lojas Pão de Açúcar e Extra na região Centro-Oeste está concluída para a 2ª Semana Nacional da Carne Suína, que acontecerá entre 3 e 17 de setembro em todas as unidades das duas redes varejistas.

Entre os meses de maio e julho, a Associação Brasileira dos Criadores de Suínos (ABCS), por meio do Projeto Nacional de Desenvolvimento da Suinocultura (PNDS), ministrou seis Cursos de Cortes para mais de 80 profissionais de açougue e sensibilizou cerca de 200 consumidores em seis Oficinas Gastronômicas.

“O Centro-Oeste define o nome parceria. Eles mostraram muito envolvimento de todos os responsáveis, técnicos, gerentes de loja, comercial, marketing, administrativo e, assim, os resultados aparecem. Tivemos alguns dos melhores retornos em termos de participação. As oficinas alcançaram uma adesão inacreditável, um sucesso absoluto que é referência para outras ações no Brasil inteiro”, comenta a gestora executiva, Anny Almeida.

Sob o slogan “A Carne Suína é 10!”, as ações focaram em quatro preceitos: motivação de açougueiros; envolvimento das equipes de loja; quebra de preconceitos entre profissionais de carnes e clientes; e reposicionamento da carne suína nas gôndolas para, enfim, elevar o consumo do produto e trazer mais sustentabilidade para a cadeia suinícola. O curso de cortes objetiva transmitir conhecimentos sobre a variedade e praticidade da carne suína, além de desmistificar e quebrar preconceitos ainda existentes contra o produto. Já a oficina gastronômica leva todo o sabor e a versatilidade da carne suína para os clientes por meio de uma receita especial de estrogonofe suíno e dezenas de dicas para o preparo.

O gerente comercial do GPA, David Buarque, comentou que a equipe da região acreditou no projeto desde o início. “Ações como essa têm contribuído para mudar os vários preconceitos que a carne suína ainda sofre. O engajamento das equipes de loja é impressionante e todos têm acreditado fortemente na iniciativa para fomentar ainda mais o consumo no Brasil”, explica.

Para Buarque, as ações do PNDS contemplam todos os aspectos necessários para aumentar o consumo do produto e deveriam ser ampliadas. “Temos uma forte tendência em nossas lojas de pessoas buscando alimentos mais saudáveis. Nossos clientes ficam surpresos ao serem informados sobre as qualidades nutricionais da carne suína e sua leveza em relação às demais carnes".

Para a gerente executiva da Associação Goiana de Suinocultores (AGS), Crenilda Neves, a continuação das ações para fomentar o consumo são essenciais para que a população de Goiás insira definitivamente a carne suína na alimentação. “Esse trabalho constante tem mostrado resultados efetivos, as gôndolas dos supermercados estão sempre cheias de cortes suínos e as oficinas a cada edição conquistam mais consumidores. Acredito que é esse o caminho que devemos seguir para mudar de vez o consumo aqui e no Brasil”, destaca.

“Após realizar as ações de cortes e oficinas gastronômicas no Rio, Nordeste e Centro Oeste, iniciaremos as ações em São Paulo e vamos atender as mais de 300 lojas do GPA”, explica a coordenadora nacional do PNDS, Lívia Machado. Ainda segundo a coordenadora, as ações de São Paulo foram planejadas para uma data próxima a ação promocional nacional que será de 03 a 17 de setembro com o objetivo de potencializar as vendas na maior região consumidora do país. “Trabalhamos com afinco na realização dessa 2ª edição da Semana Nacional da Carne Suína e precisamos do apoio de todo o setor nesse desafio, reforço os agradecimentos às nossas afiliadas e a equipe GPA por tamanho comprometimento”, destaca.

O objetivo do PNDS é contribuir para o reposicionamento da carne suína perante o consumidor brasileiro e aumentar o consumo do produto dos atuais 15 quilos por habitante para 18 quilos per capita. Além dos Cursos de Cortes para profissionais de carnes e as Oficinas Gastronômicas para consumidores, as ações incluem Palestra de Saudabilidade para formadores de opinião, mobilização do setor e capacitação de todos os elos da cadeia.

 

Fonte: ABCS
11 de julho de 2014

Setor de Indústrias Gráficas (SIG), Quadra 01 – Ed. Barão do Rio Branco, sala 118 | CEP: 70.610-410 | Brasília - DF
Telefone: (61) 3030-3200
Design: Conectando Pessoas