Jornal da Band destaca carne suína em cadeia nacional

Jornal da Band destaca carne suína em cadeia nacional

O programa ainda chamou a atenção para a perspectiva de melhora de exportações com o reconhecimento da OIE

A carne suína foi destaque da edição de sexta-feira (15) no Jornal da Band. Além de mostrar a diversidade e praticidade da proteína e sua preferência crescente na mesa do brasileiro, o noticiário de maior audiência da emissora Bandeirantes também mostrou os bastidores de uma granja e a perspectiva de crescimento nas exportações da commodity com o reconhecimento internacional da Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) como áreas livres de Peste Suína Clássica (PSC) os estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

A matéria é iniciada mostrando que independente da forma de preparo, a carne suína é uma opção saborosa e nutritiva e que pode estar presente tanto nas refeições diárias quanto nos tradicionais churrascos de fim de semana. Todo esse sabor é justificado pela evolução da produção suinícola do país, que reproduz em granjas de todo Brasil um processo rigoroso para garantir a saudabilidade e a qualidade do produto.

A TV Band teve acesso uma granja de produção suinícola onde mostrou as medidas adotas para evitar a contaminação do plantel, entre elas a vacinação constante e limpeza adequada das instalações de criação. Tanta garantia de qualidade pode, em breve, gerar um aumento nas exportações. Graças as medidas adotadas pelos produtores, os estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina vão receber o reconhecimento internacional da Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) como áreas livres de PSC (Peste Suína Clássica). O Brasil, atualmente 4º maior produtor e 4º maior exportador de carne suína do mundo, já pretende indicar mais 14 estados brasileiros para serem certificados pela OIE como zona livre de PSC, com previsão para o ano que vem.

O presidente da ABCS Marcelo Lopes avalia que a confiança do consumidor brasileiro e dos exportadores de carne suína é resultado do empenho do produtor e das entidades de representação – Associação Nacional e estaduais –   para qualificar a produção suinícola.

Desde 2010, a Associação Brasileira dos Criadores de Suínos (ABCS) executa o Projeto Nacional de Desenvolvimento da Suinocultura (PNDS) que tem como objetivo capacitar o produtor e profissionalizar a atividade, proporcionado o crescimento do setor a partir de ações que interligam todos os elos da cadeia produção, indústria e comercialização. “A divulgação das qualidades da carne suína em cadeia nacional traz credibilidade ao nosso trabalho. Vamos continuar nesse caminho de informar o consumidor as potencialidades da nossa proteína e inseri-la definitivamente no dia a dia dos brasileiros”, reforçou a coordenadora do PNDS, Lívia Machado.

Fonte: ABCS com informações do Jornal da Band

Assista: http://zip.net/bkrgVk

Setor de Indústrias Gráficas (SIG), Quadra 01 – Ed. Barão do Rio Branco, sala 118 | CEP: 70.610-410 | Brasília - DF
Telefone: (61) 3030-3200
Design: Conectando Pessoas