AGS confirma adesão do estado de Goiás ao FNDS

AGS confirma adesão do estado de Goiás ao FNDS

Associação é a primeira a contribuir para a iniciativa em Goiás

A Associação Goiana de Suinocultores (AGS) confirmou adesão ao Fundo Nacional de Desenvolvimento da Suinocultura (FNDS), com assinatura de termo, nesta terça-feira (23), em Rio Verde (GO). Com a participação da AGS, o FNDS receberá a contribuição de 12 mil matrizes, que equivale a quase 50% do plantel independente do estado, ultrapassando 250 mil ao todo.

O termo de adesão foi assinado pelo presidente da AGS, Fernando Cordeiro de Barros, e pelo presidente da Associação Brasileira dos Criadores de Suínos (ABCS), Marcelo Lopes, durante o Fórum de Bem-Estar na Suinocultura, realizado pela Associação Nacional, em parceria com (AGS), Associação dos Granjeiros Integrados do Estado de Goiás (AGIGO) e a Associação Goiana dos Integrados Produtores de Aves, Ovos e Suínos (AGINTERP) e Sebrae Nacional. As duas associações regionais de Goiás, que representam quase 60 mil matrizes em sistema de integração, também, negociam a participação no FNDS.

Segundo o presidente da AGS, a entidade vai trabalhar para aumentar o número de matrizes do estado no FNDS. “Reconhecemos a importância do FNDS, por isso resolvemos cooperar com essa contrapartida. Sabemos que é uma necessidade para divulgar a carne suína e aumentar o consumo da proteína. Vamos atuar para que cada vez mais produtores contribuam”, reforçou.

A gerente administrativa da AGS, Crenilda Neves, acrescentou que a iniciativa vai permitir o avanço do setor. “O FNDS é importante para que as iniciativas em prol da suinocultura possam ser ampliadas de maneira independente”, analisou.

Para atingir o objetivo do Fundo de tornar as ações realizadas por meio do Projeto Nacional de Desenvolvimento da Suinocultura (PNDS) autossustentáveis, a ABCS traçou a meta de atingir 400 mil matrizes ainda este ano e 800 mil até 2017.

Marcelo Lopes ressalta que a estruturação do FNDS é a única alternativa para enfrentar desafios e aproveitar oportunidades como manter e ampliar a competitividade de todos os suinocultores, ganhar a preferência dos consumidores, aumentar o consumo e manter a representatividade política que a entidade conquistou, por meio de sua atuação.  “O FNDS é um marco para a suinocultura e a adesão da AGS fortalece a iniciativa. Precisamos nos unir para atingir a meta desenhada para manter a sustentabilidade da atividade”, ressaltou.

Fonte: ABCS
Publicado em 24/06/2015

 

 

Setor de Indústrias Gráficas (SIG), Quadra 01 – Ed. Barão do Rio Branco, sala 118 | CEP: 70.610-410 | Brasília - DF
Telefone: (61) 3030-3200
Design: Conectando Pessoas