Bom dia Brasil destaca o bom preço da carne suína

"Bom dia Brasil" destaca o bom preço da carne suína

Com as outras carnes com preços altos, a suína manteve seu preço nos mercados e é apontada como opção vantajosa

A carne suína vem se mantendo como uma das carnes mais baratas para o consumidor, ganhando popularidade no carrinho de compras. Quando comparada com a carne bovina e o frango, ela ainda está 8% mais barata do que em 2015, neste mesmo período, diferente de suas concorrentes, que aumentaram 12% e 36%, respectivamente. Apontada nesta quinta-feira (4) pelo apresentador do Bom Dia Brasil, da Rede Globo, Rodrigo Bocardi como a melhor opção para quem quer pagar menos e se alimentar bem, a carne suína vem tendo vantagem neste período de crise e está conquistando cada vez mais os consumidores.

A preferência pela carne suína é uma tendência que ocorre desde o ano passado. De acordo com uma pesquisa realizada em supermercados de todo o brasil, foi comprovado que o consumo de carne suína teve um crescimento de 50% em 2015. Consequentemente, está cada vez mais fácil para o brasileiro encontrar diversidade de cortes na hora de fazer as compras, levando para casa alcatra, picanha e filé mignon, além dos já tradicionais lombo e pernil.

Além de mais barata, a carne suína também vem chamando a atenção pelos seus benefícios para a saúde. Em reportagem da revista Saúde de janeiro, a nutricionista Cristiane Cedra, da Universidade de São Paulo (USP), explicou que carne suína é uma boa escolha porque possui menos gordura saturada do que a bovina, por exemplo.

O presidente da Associação Brasileira dos Criadores do Suínos (ABCS), Marcelo Lopes, acredita que a crise econômica foi uma oportunidade para que os brasileiros deixassem para trás mitos e preconceitos que impediam de dar uma chance para a carne suína. “Trabalhamos constantemente para que essa proteína tenha seu valor e vantagens reconhecidos pelo consumidor interno. Nosso produto é uma das carnes mais consumidas e saborosas do mundo e ficamos felizes de estar conquistando o brasileiro”, afirmou.

Assista ao vídeo aqui

Fonte: ABCS

Publicado em: 04/02/2016

Setor de Indústrias Gráficas (SIG), Quadra 01 – Ed. Barão do Rio Branco, sala 118 | CEP: 70.610-410 | Brasília - DF
Telefone: (61) 3030-3200
Design: Conectando Pessoas