ABCS comemora indicação da deputada Tereza Cristina para Mapa

Líder ruralista, deputada é atualmente presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA)

O anúncio do nome da deputada federal Tereza Cristina (DEM/MS) como ministra da Agricultura foi recebido com otimismo pela suinocultura brasileira. A atual presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) assumirá o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) no governo do novo presidente Jair Bolsonaro, a partir de 1º de janeiro de 2019. A indicação aconteceu nesta quarta-feira (7), via redes sociais, após reunião com os parlamentares da FPA, em Brasília (DF).

Para a Associação Brasileira dos Criadores de Suínos (ABCS), o nome da deputada no novo governo de Jair Bolsonaro fortalecerá o agronegócio. “Tenho certeza de que ela fará um excelente trabalho”, afirmou o presidente da ABCS, Marcelo Lopes. “Ela é comprometida com as causas do setor e foi extremamente atuante como presidente da FPA. A futura ministra tem o apoio do ABCS e poderá contar com o setor suinícola para a ascensão da agropecuária brasileira”, destacou.

A deputada eleita pelo Mato Grosso do Sul tem ampla experiência no setor, tendo passado pelos cargos de secretária de Agricultura, superintendente do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), secretária de Desenvolvimento Agrário, Produção, Indústria, Comércio e Turismo do Governo do Estado Mato Grosso do Sul (Seprotur) por sete anos consecutivos (2007 a 2014) e durante o ano de 2018 atuou como presidente da FPA. Na passagem pela Frente, Tereza Cristina foi assertiva quando precisou avançar em temas extremamente relevantes para o setor, como por exemplo os debates sobre o Fundo de Assistência ao Trabalhador Rural (Funrural) e o Projeto de Lei sobre Defensivos Agrícolas.

Já na Pasta, a futura ministra poderá dar continuidade aos trabalhos iniciados pela FPA, principalmente em relação às reformas no âmbito da defesa sanitária, política agrícola e comércio internacional. “Com apoio do setor, não temos dúvida que o próximo governo será competente e representativo para agronegócio, situação positiva para o crescimento e desenvolvimento do Brasil”, salientou Lopes.

Setor de Indústrias Gráficas (SIG), Quadra 01 – Ed. Barão do Rio Branco, sala 118 | CEP: 70.610-410 | Brasília - DF
Telefone: (61) 3030-3200
Design: Conectando Pessoas