CMN facilita renegociação de dívidas com custeio agrícola da safra passada

CMN facilita renegociação de dívidas com custeio agrícola da safra passada

O Conselho Monetário Nacional (CMN) autorizou nesta quinta-feira (25) a renegociação do saldo devedor de operações de custeio rural da safra 2010/2011, vencidas até 15 de julho deste ano. O mutuário devedor precisa procurar a instituição financeira da qual é cliente, até 30 de setembro, para negociar a dívida, de acordo com o coordenador de Crédito Rural e Normas da Secretaria de Política Econômica (SPE) do Ministério da Fazenda, Francisco Erismá.

 


Segundo ele, o CMN também autorizou a ampliação do crédito adicional até o limite de R$ 500 mil para os produtores de milho do Centro-Oeste financiarem o custeio da lavoura nas operações de crédito rural da safra 2011/2012. Esse crédito adicional já vigorava para as demais regiões. Além de estender o benefício para todos os produtores, Erismá disse que a medida tem também o propósito de não prejudicar o abastecimento interno, nem os compromissos de exportação.

O CMN decidiu ainda aumentar, de 18 meses para 24 meses, o prazo de carência das operações de investimento destinadas à aquisição de reprodutores e matrizes bovinas e bubalinas, de modo a permitir melhor adequação do ciclo de reprodução das fêmeas adquiridas e a comercialização de animais jovens, crias e recrias, de maior aceitação no mercado.

O CMN também prorrogou, até 30 de junho de 2013, o prazo para substituição da documentação comprobatória de regularidade fundiária para produtores rurais com áreas de até quatro módulos fiscais na Região Amazônica. Para negociar crédito rural na região, só com o Certificado de Cadastro de Imóvel Rural (CCIR) ou com a Declaração de Aptidão do Pronaf (DAP) – para os proprietários enquadrados no Programa Nacional de Agricultura Familiar.

 

Fonte: Agência Brasil

Setor de Indústrias Gráficas (SIG), Quadra 01 – Ed. Barão do Rio Branco, sala 118 | CEP: 70.610-410 | Brasília - DF
Telefone: (61) 3030-3200
Design: Conectando Pessoas