AGS incentiva a inclusão da carne suína na merenda escolar

AGS incentiva a inclusão da carne suína na merenda escolar

Por meio do PNDS foram capacitadas mais de 160 merendeiras em Inhumas e Goiânia

 

Ações em escolas municipais de Inhumas e Goiânia incentivaram a inclusão da carne suína na merenda escolar. A Associação Goiana dos Suinocultores (AGS), por meio do Projeto Nacional de Desenvolvimento da Suinocultura (PNDS), capacitou, no início de outubro, mais de 160 merendeiras das duas cidades.

Segundo a diretora executiva da AGS, Crenilda Neves, a iniciativa visa incluir a proteína no cardápio escolar, e apresentar receitas práticas que atendam às necessidades nutricionais das crianças. “Temos desenvolvido várias ações para sensibilizar as instituições públicas a oferecerem a carne suína na merenda escolar com maior frequência”, explicou.

Além da parte prática, o curso de aperfeiçoamento contou com a palestra “Carne Suína, Parceira do Cardápio Saudável’, ministrada pela nutricionista Gleiva Staciarini.  A profissional abordou aspectos relacionados ao consumo, benefícios para saúde humana, mitos e conceitos a respeito do produto. O professor e médico veterinário, Eurípedes Lopes, falou da evolução da produção de suíno no Brasil.

Para a coordenadora do PNDS, Lívia Machado, a inclusão da carne suína na merenda escolar é primordial para o crescimento da suinocultura. “Além de melhorar a qualidade da alimentação oferecida aos estudantes das escolas públicas, a ideia é garantir a distribuição da produção”, destacou.

A oficina gastronômica da consultora, Rejane Lorenzon, mostrou às merendeiras, por meio de receitas práticas, como a carne suína pode ser incluída na merenda escolar.  Os pratos preparados na oficina, fazem parte da cartilha de receitas para merenda escolar, caderno feito pela Associação Brasileira dos Criadores de Suínos (ABCS) e atestado por especialistas na área de nutrição, que sugere pratos como: risoto de carne suína, strogonoff suíno, bolonhesa com carne suína, quibe suíno, almondegas de carne suína e picadinho suíno.

A Secretaria de Educação de Inhumas, aprovou a ideia e vai incluir a carne suína na merenda das escolas do município pelo menos uma vez por semana. “Vamos acrescentar a carne suína no cardápio a partir de novembro. A princípio, serão servidas as receitas de estrogonofe, risoto almondegas para vermos a aceitabilidade dos estudantes”, explicou a nutricionista da Secretaria, Letícia Santos. A profissional contou que a praticidade das receitas chamou a atenção. “São poucas merendeiras com um tempo curto para preparar muitas refeições, por isso os pratos têm que ser rápidos”, concluiu.

A merendeira Cleide Campos disse que já preparou várias receitas à base de carne suína como o risoto. Segundo ela, os pratos têm sido bem aceitos pelos estudantes da escola “Centro Promocional Todos Os Santos III” que atua na educação infantil, em Goiânia. “O curso abriu um leque de opções e trouxe uma nova visão da carne suína. Quero parabenizar a associação pela iniciativa que contribui muito para a formação, agregando conhecimentos culinários a quem trabalha com a manipulação de alimentos”, disse.

Os cursos realizados pela AGS e PNDS contaram com o apoio do Sebrae Nacional, Prefeitura de Goiânia e Secretaria Municipal de Educação, Prefeitura de Inhumas e Secretaria Municipal de Educação.

Fonte: ABCS
Publicado em 28/10/2014

Setor de Indústrias Gráficas (SIG), Quadra 01 – Ed. Barão do Rio Branco, sala 118 | CEP: 70.610-410 | Brasília - DF
Telefone: (61) 3030-3200
Design: Conectando Pessoas