Astap e Suinco elaboram plano de trabalho do PNDS

Astap e Suinco elaboram plano de trabalho do PNDS

Este ano o PNDS conta com o reforço do fundo criado pela ABCS para potencializar o trabalho do setor

Em continuidade à atuação junto ao Projeto Nacional de Desenvolvimento da Suinocultura (PNDS), a Associação dos Suinocultores do Triangulo Mineiro e Alto Paranaíba (ASTAP), em parceria com a Cooperativa Suinco, concluiu, no início de abril, o plano de trabalho para 2015. Em reunião no escritório de Brasília, foram fechadas ações nos elos da produção, indústria e comercialização que serão realizadas com o apoio da Associação dos Suinocultores de Minas Gerais (ASEMG) e Sebrae Minas.

Este ano, as atividades desenvolvidas pelo PNDS contam com o reforço do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Suinocultura (FNDS), do qual ASTAP e SUINCO são contribuintes.  "O PNDS melhorou o posicionamento da carne suína junto aos consumidores, com uma visão de saudabilidade e sabor. Esse trabalho aumentou a preferência do consumidor por esta proteína. Com intuito de fortalecer esse projeto consolidado no setor, a ASTAP focará no engajamento do produtor e também na ampliação das adesões ao Fundo”, ressaltou o presidente da ASTAP, Ricardo Bartholo.

A integração das duas iniciativas – PNDS e FNDS – permitirá o fechamento de parcerias com especialistas de renome para difusão de conhecimentos e conceitos sobre a proteína suína, um exemplo disso é a realização do workshop “na medida certa com carne suína”, o evento, previsto para o segundo semestre de 2015, é destinado a nutricionista e profissionais de saúde. “Esse público tem um potencial muito grande como formador de opinião. Informá-los dos benefícios da carne suína e esclarecer mitos, ainda existentes, é muito importante para que os profissionais de saúde possam orientar seus pacientes e esclarecer que não há restrições quanto ao consumo da carne suína”, explicou a gestora executiva da ASTAP, Fernanda Caixeta.

Iniciativas voltadas para a capacitação de profissionais, produtores, colaboradores, açougueiros e consumidores são o ponto forte do PNDS, desde a sua criação em 2009. Com esse foco a ASTAP programou treinamentos como o “Gerentes em Ação”. Organizado em quatro etapas, a capacitação abordará temas como desafios sanitários, gestão de pessoas, e motivação e outros assuntos relacionados ao dia a dia da granja.

Na indústria, a ASTAP já marcou consultorias especializada em Cortes Especiais Suínos para aprimoramento das técnicas específicas.  Serão realizados cursos que beneficiarão açougueiros da rede varejista local. Para melhorar práticas industriais e proporcionar mais competividade a frigoríficos, a entidade também realizará treinamentos com base no Manual de Industrialização de Suínos da Associação Brasileira dos Criadores de Suínos (ABCS).

Para incentivar o consumo da carne suína, o plano de trabalho da ASTAP inclui palestras de saudabilidade, participação em eventos e treinamento para líderes. Marca registrada do PNDS, essas ações já contribuíram para elevar o consumo em dois quilos nos últimos anos.

“A Astap e Suinco estão determinadas a apoiar de forma direta o projeto e ações. Foram pioneiros a assinar o acordo com o FNDS e dão um exemplo a todo país. Temos um desafio grande e vamos seguir em busca de conquistar o consumidor brasileiro”, reforçou a coordenador ado PNDS, Lívia Machado.

Fonte: ABCS
Publicado em 23/04/2014

Setor de Indústrias Gráficas (SIG), Quadra 01 – Ed. Barão do Rio Branco, sala 118 | CEP: 70.610-410 | Brasília - DF
Telefone: (61) 3030-3200
Design: Conectando Pessoas