DFSuin abre ciclo de palestras do Programa Capacitação Total de Suinocultura

DFSuin abre ciclo de palestras do Programa Capacitação Total de Suinocultura

O primeiro módulo da qualificação, apoiado pelo PNDS e Sebrae, capacitou mais de 40 suinocultores

A Associação dos Criadores de Suínos do Distrito Federal (DFSUIN) e o Sindisuínos abriram, no último dia (29), em Brasília, ciclo de palestra do Programa Capacitação Total de Suinocultura – PCT 2015. Compostos por cinco etapas, o programa tem como intuito aprimorar procedimentos diários nas granjas. Com tema voltado para aplicação de tecnologias sustentáveis na produção, o primeiro módulo da qualificação, apoiado pelo Projeto Nacional de Desenvolvimento da Suinocultura (PNDS) e Sebrae df, capacitou mais de 40 suinocultores e profissionais do ramo.

Já consolidado como uma das mais importantes ações da suinocultura local, o PCT reúne palestrantes capacitados na área técnica e em recursos humanos, patrocinados por renomadas empresas especializadas em saúde e nutrição de suínos. Segundo o presidente da DFSUIN, Ivo Jacó Souza, a escolha do tema sustentabilidade atende à demanda do setor que, influenciado pelas ações do PNDS, está cada vez mais atento a aplicação de práticas sustentáveis na produção sunícola.

A primeira etapa do PCT em 2015, contou com o patrocínio das empresas Nutrial e DSM. O debate foi aberto com a palestra: “Novos conceitos e tecnologias aplicadas à produção e nutrição de suínos aliadas à sustentabilidade”, conduzida pelo engenheiro agrônomo da DSM, Maurício Prata. O profissional falou sobre tendências e tecnologias da produção de suínos que podem melhorar resultados. “A quebra de paradigmas, a mudança de atitudes com responsabilidade e um profissional sempre atento as novidades do mercado é a chave para a viabilidade econômica e uma produção de qualidade nas granjas,” explicou o engenheiro.

O proprietário da Granja Sinhá-Cristina, Rodrigo Batista, autorizou a participação no PCT de 15 funcionários da granja que tem unidades no DF e em Goiás.  Para Batista, o programa contribui para a melhoria de procedimentos relacionados ao dia a dia da granja.

Durante o encontro, os participantes também receberam orientação sobre educação financeira para pessoa física. A economista e consultora do Sebrae Silvia de Moraes mostrou algumas dicas de como conquistar o equilíbrio financeiro como a construção de planilhas para organização do orçamento pessoal contendo receitas e despesas. “A educação financeira tem tudo a ver com a qualidade de vida. Com organização orçamentária e equilíbrio financeiro teremos uma vida mais tranquila”, afirmou.

Fonte: ABCS com DFSUIN
Publicado em 06/05/2015

 

Setor de Indústrias Gráficas (SIG), Quadra 01 – Ed. Barão do Rio Branco, sala 118 | CEP: 70.610-410 | Brasília - DF
Telefone: (61) 3030-3200
Design: Conectando Pessoas