ABCS, APS e Topgen promovem curso de Cortes no interior do Paraná

ABCS, APS  e Topgen promovem curso de Cortes no interior do Paraná

Orientação já levou restaurante a incluir alcatra e picanha suína no cardápio

 

A parceria entre a Associação Brasileira dos Criadores de Suínos (ABCS), com apoio da Associação Paranaense de Suinocultores (APS), e a empresa de genética TOPGEN, proporcionou conhecimento a mais de 30 pessoas entre donos de restaurantes, pequenos comerciantes, açougueiros e donas de casa, da cidade de Jaguariaíva/PR – a 200 km da capital Curitiba – e região, sobre a versatilidade e potencial da carne suína. O Workshop de Cortes Especiais de Carne Suína foi promovido em setembro, durante as comemorações dos 192 anos da cidade.

No Workshop, o mestre açougueiro Daniel Furtado mostrou aos participantes como aumentar a rentabilidade da carcaça suína e apresentou cerca de 40 opções de cortes suínos. Além disso, foram orientados sobre receitas com indicações de preparo e temperos que são ideais para cada tipo de carne.

Segundo Daniel Furtado, o Curso de Cortes em Jaguariaíva surpreendeu pelo perfil dos participantes. “Essa ação foi bastante interessante porque trouxe um debate entre donas de casa, açougueiros e demais profissionais. Elas falaram quais cortes gostariam de ver nos açougues e restaurante, e os profissionais tiveram a oportunidade de conhecer as demandas dos consumidores”, disse.

Beate von Staa, proprietária da TOPGEN, explica que a ideia de fazer o Curso de Cortes partiu do interesse em aliar a história regional com a suinocultura atual. “Jaguariaíva tem uma forte ligação com a história da suinocultura, pois na cidade se reuniam suínos vindos de toda região para serem transportados, via trem, ao frigorífico do Matarazzo, em Sorocaba – no interior de São Paulo, que mais tarde construiu uma unidade em Jaguariaíva. Naquela época a importância maior dos suínos era a banha”, relembra. Para Beate, a capacitação é suma importância para a população. “Acredito no potencial da carne suína e, se somos grandes produtores, devemos ser também bons consumidores do produto”, enfatizou.

Para Silvano Santiago, proprietário do Restaurante Don Silvano, localizado em Arapoti-PR, o curso foi esclarecedor. “Além de mim, outros quatro colaboradores do restaurante participaram do curso e todos nós ficamos admirados com a quantidade de cortes possíveis. Após o curso já incluímos novas opções no cardápio do restaurante, como alcatra e picanha suína, que estão sendo bem aceitos pelos clientes”, destacou.

César Luz, diretor executivo da APS, destaca que o evento marcou a participação do sistema suinícola na programação de aniversário do município. “Além da realização do Workshop, houve a participação do sistema estadual da suinocultura paranaense no IV Festival Cultural e Exposição de Jaguariaíva. A cidade, que está localizada no extremo Sul do Paraná, é um dos mais antigos municípios do Paraná, cuja origem está ligada diretamente à suinocultura, pois no fim do século 19 se instalou na cidade o famoso Frigorífico Matarazzo, que funcionou até a década de 60”, explicou.

 

Fonte: ABCS
Publicado em 15/10/2015

Setor de Indústrias Gráficas (SIG), Quadra 01 – Ed. Barão do Rio Branco, sala 118 | CEP: 70.610-410 | Brasília - DF
Telefone: (61) 3030-3200
Design: Conectando Pessoas