Cardápio Saudável: AGS orienta mais de 400 merendeiras sobre carne suína

Cardápio Saudável: AGS orienta mais de 400 merendeiras sobre carne suína

Curso aconteceu nas cidades de Palmeiras do Goiás e Goiânia

Cerca de 400 merendeiras participaram dos Cursos para Merendeiras promovidos nos meses de setembro e outubro, pela Associação Goiana de Suinocultores (AGS), com apoio da Associação Brasileira dos Criadores de Suínos (ABCS). As ações, fizeram parte da programação da 3ª Semana Nacional da Carne Suína (SNCS), e atenderam profissionais dos municípios de Palmeiras de Goiás e região, e Goiânia.

Durante os cursos as merendeiras assistiram as palestras "Conhecendo o Mundo da Suinocultura" e "Carne Suína Parceira do Cardápio Saudável", ministradas pelo consultor e professor Eurípedes Laurindo. O objetivo foi capacitar e informar as profissionais sobre os benefícios e a saudabilidade da carne suína e intensificar a utilização da proteína na merenda escolar.

Lívia Machado, coordenadora do Projeto Nacional de Desenvolvimento da Suinocultura, explica a importância da ação. “Queremos cada vez mais incentivar o consumo de carne suína no Brasil e o curso para merendeiras é uma importante ferramenta para alcançarmos esse objetivo, pois estimula desde cedo as crianças a consumirem a proteína, tornando-as consumidoras, em potencial, no futuro”.

Os cursos também contaram com a Oficina de Cardápio para Merendeiras, apresentada pela professora de gastronomia, Rejane Lorenzo, que ensinou na prática receitas diferenciadas e que atendem as necessidades nutricionais diárias dos jovens e crianças. Para Rejane, a ação reforça as novas possibilidades da carne suína e desmistifica os preconceitos sobre o produto. “A conscientização e o conhecimento valoriza o profissional e faz com que ele se torne um parceiro na propagação do PNDS. Os participantes se envolvem e são os responsáveis pela continuação do processo até o consumidor final”, diz.

De acordo com Laurinda Darc Rosa, secretária de Educação de Palmeiras do Goiás, oferecer uma alimentação de qualidade para os alunos da rede municipal tem sido uma preocupação da administração. “O evento foi muito válido, pois tivemos acesso a novas e importantes informações sobre a carne suína, que serão inseridas na rotina escolar de Palmeiras do Goiás”, destacou.

Para Laudicene Villaca, coordenadora das merendeiras do município, o curso enriqueceu o cardápio da merenda escolar. “Apesar de já utilizarmos carne suína, o curso trouxe mais variedades de receitas e o aperfeiçoamento da nossa equipe de merendeiras”, concluiu.

Nair Almeida, nutricionista do município de Goiânia, enfatiza que a inserção da carne suína diversifica e enriquece nutricionalmente a alimentação escolar do município de Goiânia. “A carne suína é uma opção de prato proteico que vai de encontro com as diretrizes do programa de alimentação escolar que preconiza o emprego da alimentação saudável e adequada, compreendendo o uso de alimentos variados, seguros, que respeitem a cultura, as tradições e os hábitos alimentares locais”.

 

Fonte: ABCS
Publicado em 29/10/2015

Setor de Indústrias Gráficas (SIG), Quadra 01 – Ed. Barão do Rio Branco, sala 118 | CEP: 70.610-410 | Brasília - DF
Telefone: (61) 3030-3200
Design: Conectando Pessoas