Definidas próximas ações do PNDS no Rio Grande do Sul

                               

                              Definidas próximas ações do PNDS no Rio Grande do Sul

          Trabalho em conjunto de integrantes de diversas entidades busca alavancar  o consumo  de carne suína no país 

Na última quarta-feira, (23/06), estiveram reunidos na sede do Sebrae/RS em Lajeado, no Vale do Taquari, integrantes das entidades responsáveis pelo Projeto Nacional de Desenvolvimento da Suinocultura (PNDS) no Rio Grande do Sul para discutir questões referentes à realização do Projeto no estado, que busca aumentar em 2 kg per capita o consumo de carne suína.

Entre as pré-definições da reunião, a região de Passo Fundo foi escolhida como alvo das primeiras ações do projeto. Entre elas, estão previstas o treinamento em indústrias, para oferecer novos cortes suínos ao consumidor; campanhas em supermercados, estimulando a compra dos novos cortes; palestras para médicos e nutricionistas, com intuito de esclarecer todos os benefícios que a carne suína proporciona ao organismo humano, além de seu sabor; bem como a inclusão da mesma na merenda escolar e cozinhas industriais de grandes empresas; entre outras ações que, posteriormente, deverão ser realizadas em outras regiões. Bares e restaurante também devem ser alvos da campanha.

Além disto, também está prevista a apresentação institucional do PNDS para entidades do estado e o lançamento oficial do projeto no RS durante a Expointer 2010, que acontece de 27 de agosto a 04 de setembro, que será desenvolvida, inicialmente, até outubro de 2010 em todo o Brasil. Segundo Valdecir Folador, o desenvolvimento do Projeto no RS se dará, principalmente, pela união de esforços dos atores envolvidos. Vários já estão trabalhando e, num futuro próximo, outros se engajarão e, desta maneira, também colherão os frutos do projeto. “Contamos com o apoio futuro de frigoríficos, escolas, bares e restaurantes, entre outros”, afirma Folador.
Para Angelo Aguinaga, “estas ações que estamos projetando para serem realizadas ‘fora da porteira’, ou seja, fora das granjas, junto à indústria e ao varejo, focando no consumidor, devem nos auxiliar a chegar ao nosso objetivo  final, que é aumentar em 2 kg per capita o consumo de carne suína no país”, destacou o integrante do SEBRAE/RS. Já Cleo Barbiero destacou a importância de se ter alguns resultados das ações realizadas nos outros estados. “Desta maneira, será mais fácil elaborarmos e executarmos as ações no RS. Neste sentido, ter um parceiro como o SEBRAE é muito importante”, contou o dirigente da ACSURS.           
Lívia Machado, Coordenadora Nacional do PNDS, destacou a importância da reunião. “Conseguimos definir junto às lideranças da Acsurs e gestores Sebrae/RS ações estruturantes para, aos poucos, trabalhar o consumidor e a indústria, bases que precisam ser alcançadas para o alcance de nosso objetivo. Temos agora muito trabalho pela frente  e acredito que conseguiremos somar muitos parceiros a esse processo”, finalizou. 

Fonte: Assessoria de Comunicação da ACSURS

Setor de Indústrias Gráficas (SIG), Quadra 01 – Ed. Barão do Rio Branco, sala 118 | CEP: 70.610-410 | Brasília - DF
Telefone: (61) 3030-3200
Design: Conectando Pessoas