Notícias

Fale com a comunicação da ABCS

Voltar Publicado em: segunda-feira, 15 de junho de 2020, 2h29

ABCS estreia no LinkedIn para se conectar com todos os elos da suinocultura

Conheça as vantagens dessa rede social que alcança 41 milhões de brasileiros e é sucesso entre profissionais e empresas

Em um mundo que está cada vez mais digital, principalmente na atual conjuntura, estar presente nas redes sociais é cada vez mais necessário, seja para estreitar os laços afetivos ou até se conectar profissionalmente. E essa é a proposta do LinkedIn, plataforma voltada para a interação entre pessoas, empresas, marcas, entre outros tipos de contato profissional. E a Associação Brasileira dos Criadores de Suínos (ABCS), sempre antenada nas tendências do setor, já está conectada por essa rede social e desenvolve campanha para todo o setor aderir e seguir a página. Para seguir a ABCS, clique aqui.

O LinkedIn já alcançou mais de 600 milhões de pessoas no mundo e o Brasil é atualmente o quarto país em número de usuários da rede, com 41 milhões de pessoas ativas, segundo o Relatório Global Statshot Digital, realizado pela agência We Are Social, publicado em abril de 2020. O documento analisa as tendências da utilização da internet e dos meios digitais. Os dados mais recentes da pesquisa mostram que o número de usuários da Internet e de mídias sociais em todo o mundo aumentou em mais de 300 milhões nos últimos doze meses.

Do âmbito pessoal ao empresarial, por meio do LinkedIn é possível compartilhar experiências, criar conexão de interesses, promover uma marca, ampliar o destaque da organização e encontrar parceiros de negócios. Para o agronegócio, em especial a suinocultura, é fundamental utilizar essa rede social para acompanhar e comunicar as tendências do setor, gerar aproximação com os públicos de interesse, tornar conhecida a importância do seu trabalho e aproximar as lideranças.

De olho nessa tendência, a ABCS inicia essa semana uma campanha no Whatsapp, Facebook e Instagram para convidar a todos a seguir a sua página no LinkedIn e a importância da rede.

Segundo o presidente da Associação Brasileira dos Criadores de Suínos (ABCS), Marcelo Lopes, essa é uma forma de estabelecer valor e impactar positivamente os diversos públicos que fazem parte da cadeia. “As mídias sociais são, sem dúvida, um espaço estratégico e que, por tanto, devemos aproveitar. Saber agregar valor para o nosso conteúdo, a promoção do consumo da carne suína e informar sobre os processos de produção e todo o compromisso da cadeia de valor”.

Como aprimorar a presença no LinkedIn

Segundo Fernando Souza, consultor e professor de Marketing Digital e Mídias Sociais, o LinkedIn tem o diferencial de ser profissional. Por isso, é primordial levar uma informação mais técnica e aprofundada.

“Um dos pontos fundamentais é trabalhar com conteúdo recorrente. Também é importante usar os outros canais que a empresa possui no sentido de atrair seus diversos públicos para estarem nessa rede para que a conexão seja ainda maior, começando da própria estrutura corporativa, do público interno. Sobre o tipo de conteúdo, é interessante apostar na diversidade. Textos, vídeos, carrossel com informações, dados. Tudo o que informe sobre o negócio e o setor”, destacou, acrescentando que para a suinocultura esse é um meio relevante para impactar produtores, ter uma sinergia maior com a indústria, grandes frigoríficos e estar mais conectados a eles.

José Tejon, profissional de marketing reconhecido no agronegócio e usuário assíduo do LinkedIn, destacou o trabalho de comunicação da ABCS, promovendo o consumo da carne suína também nos meios digitais. “É muito importante o uso das redes sociais. Nós temos que comunicar com foco e interesse sobre tudo o que significa essa atividade econômica. Comunicação é a grande arma estratégica deste momento. Por isso, é pertinente entrar nas redes sociais também e comunicar intensamente todas as verdades com fatos. É muito importante essa abordagem da ABCS do suíno como saúde, porque saúde se transformará cada vez mais sinônimo do agronegócio”.

Acompanhe os perfis da suinocultura no LinkedIn:

ABCS

Frigorífico Saudali

GPA

Ourofino

Elanco

333 Brasil

Agroceres

MSD Animal

Agriness

FPA

Suinco

Zoetis

Trouw Nutrition

Polinutri

DB Genética Suína