Síndrome Reprodutiva e Respiratória dos Suínos (PRRS)

Vários estudos epidemiológicos foram realizados no Brasil a partir de 1995, principalmente em plantéis de granjas que importaram suínos e das granjas GRSC, e não foi possível identificar o vírus da PRRS ou a doença clínica. Os testes sorológicos (ELISA) utilizados nestes estudos são muito sensíveis e não se constatou a infecção nos rebanhos brasileiros. Portanto, até o momento não existem evidências sorológicas e/ou virológicas da presença desta doença no Brasil.

Setor de Indústrias Gráficas (SIG), Quadra 01 – Ed. Barão do Rio Branco, sala 118 | CEP: 70.610-410 | Brasília - DF
Telefone: (61) 3030-3200
Design: Conectando Pessoas