Acrismat busca recursos emergenciais com o CONDEL em Brasília

Acrismat busca recursos emergenciais com o CONDEL em Brasília

 

A Acrismat apresentou na última sexta feira (04.05) um plano emergencial de solicitação de crédito para amenizar a crise dos Suinocultores em Mato Grosso. O pedido foi entregue para o conselheiro do Estado de Mato Grosso no Condel/FCO, e secretário adjunto da SEDRAF, Luiz Carlos Alécio, responsável por apresentar as demandas do Estado nas reuniões do Conselho Deliberativo do Fundo do Desenvolvimento do Centro-Oeste (CONDEL/FCO), que aprovam os programas em Brasília.

O Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste (FCO) é um fundo de crédito tem com objetivo de contribuir para o desenvolvimento econômico e social da Região Centro-Oeste, mediante financiamentos direcionados às atividades produtivas, voltados aos setores econômicos industrial, agroindustrial, agropecuário, mineral, turístico, comercial e de serviços.

No Plano emergencial a Acrismat pede a retenção das matrizes e a abertura de uma linha de crédito de custo para o suinocultor, com uma carência maior para o pagamento. Segundo o presidente da Acrismat, Paulo Lucion, que acompanhou a reunião, a apresentação foi positiva. “Agora devemos esperar 30 dias, para que aconteça à votação e a aprovação deste projeto que vai beneficiar os suinocultores”, contou o presidente.

De acordo com o conselheiro do Estado de Mato Grosso no Condel/FCO e secretário Adjunto de Agricultura, Pecuária e Abastecimento da Sedraf, Luiz Carlos Alécio, responsável por conduzir a reunião, ressaltou que a medida tem grandes chances de ser aprovada. “O plano emergencial foi apresentado, esperamos que os produtores possam estar inseridos no programa de financiamento e com prazos maiores de carência”, comentou o conselheiro.

CRISE NO SETOR - Os preços pagos ao suinocultor não evoluíram e todo o setor passa por uma grande desvalorização em cadeia. Os custos de produção que subiram substancialmente agravam a situação do suinocultor mato-grossense. Atualmente, o preço médio no estado de custo de produção por quilo de suíno produzido é de R$2,25, já o preço médio de venda praticado chega a R$1,60. O que resulta num prejuízo de R$0,65 centavos por quilo.

 

Fonte: ACRISMAT
Publicado em 8/4/2012

 

 


Setor de Indústrias Gráficas (SIG), Quadra 01 – Ed. Barão do Rio Branco, sala 118 | CEP: 70.610-410 | Brasília - DF
Telefone: (61) 3030-3200
Design: Conectando Pessoas