Notícias

Fale com a comunicação da ABCS

Voltar Publicado em: quinta-feira, 11 de agosto de 2022, 12h10

ABCS marca presença no SIAVS com Simpósio gratuito

Com palestras de mercado, gastronomia e saúde, a ABCS reuniu mais de 100 participantes no maior evento da avicultura e da suinocultura do país

Reunindo mais de 100 participantes, a Associação Brasileira dos Criadores de Suínos (ABCS), realizou na última terça (9), o Simpósio ABCS no Salão Internacional de Avicultura e Suinocultura (SIAVS) 2022, o maior evento da avicultura e da suinocultura do país. Realizado em São Paulo e com entrada gratuita, o Simpósio abordou tendências de mercado, consumo, alta gastronomia e manutenção da saúde animal, recebendo especialistas nos temas. A abertura do evento foi feita pelo conselheiro da ABCS, e presidente da ACSURS, Valdecir Folador, em nome do presidente da ABCS, Marcelo Lopes, junto do presidente da ABPA, Ricardo Santin, e do presidente da Associação Brasileira das Empresas de Genética de Suínos (ABEGS), Alexandre Rosa.

A diretora técnica da ABCS, Charli Ludtke, explicou em sua fala que o Simpósio foi pensado de forma a mesclar vários assuntos de grande importância para a suinocultura. “A nossa programação, que abordou temas como: mercados, a alta gastronomia, a Estação Quarentenária de Cananéia, a evolução da genética suína e a importância do monitoramento sanitário na produção de suínos, foi pensada para ser multidisciplinar, promovendo o aprimoramento de todo setor.” Charli agradeceu a presença de todos e reforçou a importância de motivar a participação dos produtores em eventos como o SIAVS, que reúnem tecnologia de ponta e muita informação. “Em parceria com nosso sistema ABCS conseguimos reunir produtores de diversas regiões para estarem aqui, presentes conosco e acompanharem toda a nossa programação.” 

Na sequência dos agradecimentos, Charli convidou ao palco o chef de cozinha Jimmy Ogro, que falou aos participantes sobre a inserção da carne suína na alta gastronomia, abordando a diversidade de cortes e o ponto ideal. “Quando eu penso em carne suína eu penso em qualidade, saudabilidade e sabor”, explicou o chef.  Em seguida, o painel de mercado foi conduzido pelo especialista em agronegócio, Alexandre Mendonça de Barros, que falou sobre tendências, perspectivas e cenários do agronegócio brasileiro em 2022. Ele abordou macroeconomia mundial e brasileira, condições climáticas, mercado de grãos e mercado de suínos. Mendonça declarou também sua admiração pelo trabalho de incentivo ao consumo de carne suína. “É sensacional ver o trabalho de marketing, ensinar como cozinhar a carne suína e desmitificar seu consumo.” 

O painel de saúde animal foi conduzido pelos especialistas Flavia Mattos, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), Gustavo Simão da ABEGS e Fábio Vanucci, da Universidade de Minnesota, Saint Paul/EUA, que falaram sobre o potencial de exportação de material genético brasileiro, a importância do diagnóstico e monitoramento sanitário na produção de suínos e o funcionamento da Estação Quarentenária de Cananéia (EQC) para a manutenção da segurança do rebanho de suínos e também da qualidade do produto. 

Ao final os participantes puderam fazer perguntas aos palestrantes, e também ganharam cartilhas e outros materiais produzidos pela ABCS. Jimmy Ogro recebeu também uma placa de homenagem e agradecimento ao trabalho de defesa da proteína suína. Charli Ludtke, diretora técnica da ABCS, agradeceu a presença de todos e reiterou mais uma vez a importância da transmissão de conhecimentos, do diálogo aberto e da união de todas as frentes de trabalho que fortalecem a cadeia da suinocultura.