Notícias

Fale com a comunicação da ABCS

Voltar Publicado em: quinta-feira, 21 de fevereiro de 2019, 7h13

Encontro reúne lideranças de afiliadas da ABCS para discutir ações de 2019

Encontro reúne lideranças de afiliadas da ABCS para discutir ações de 2019

Evento contou com a presença de parlamentares que apoiam a suinocultura brasileira

Trabalho em equipe e comprometimento com a melhoria do setor suinícola definiram o Encontro de Relacionamento das Lideranças da ABCS. O evento, que foi a primeira assembleia do ano, aconteceu em 20 e 21 de fevereiro e reuniu dez associações estaduais e quatro regionais. Participaram do encontro presidentes e gestores das afiliadas da entidade, que apresentaram as principais demandas da suinocultura para 2019.

O encontro teve início com palestra sobre o mercado de grãos e atualidades do setor realizada por José Carlos Hausknecht, da empresa de consultoria MBAgro. Ele apresentou a conjuntura econômica nacional e internacional da agropecuária, com foco na produção de soja e milho e analisou a produção, o consumo, a importação e a exportação da carne suína em 2018, mostrando também as projeções para 2019.

Logo em seguida, as consultoras de relações institucionais Ana Paula Cenci e Luciana Lacerda mostraram as perspectivas políticas do setor suinícola diante do novo governo. O Instituto Pensar Agro, a Frente Parlamentar da Agropecuária e a Frente Parlamentar da Suinocultura vão trabalhar para que os projetos do agronegócio sejam debatidos e para orientar os parlamentares em suas atividades e a ABCS acompanhará o trabalho de perto. Questões de sanidade animal e seus impactos no mercado e no consumo da carne suína também foram discutidos, com a apresentação da diretora técnica da ABCS, Charli Ludtke.

A gerente administrativa e financeira, Cássia Campanaro, exibiu a prestação de contas da ABCS e a diretora de projetos e marketing da entidade, Lívia Machado, apresentou um panorama com as novas tendências de consumo da carne suína, além dos novos projetos de marketing da associação e do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Suinocultura (FNDS). Para a diretora, existe uma renovação de públicos com os quais é necessário dialogar e o setor precisa se atualizar e buscar novos conteúdos e materiais para poder acompanhar e aproveitar as oportunidades para a carne suína entre os consumidores.

Afiliadas definem demandas nacionais para 2019

Em busca de diálogo e construção conjunta, presidentes e gestores se organizaram em grupos de acordo com suas regiões para discutir a agenda de trabalho da ABCS. Em dinâmica, os líderes definiram em consenso as prioridades no âmbito nacional a serem trabalhadas durante o ano nas esferas política, técnica e de marketing. As discussões tiveram como destaque temas como biosseguridade, reparcelamento de dívidas, Instrução Normativa nº 14 e bem-estar animal.

O Presidente da ABCS, Marcelo Lopes, elogiou o envolvimento das associações afiliadas e reforçou o compromisso da nacional para 2019. “Estamos reunidos para definir prioridades e trabalharmos em conjunto para trazer desenvolvimento e resultados positivos para o nosso setor. Tivemos um encontro de construção conjunta que definiu nosso ano de trabalho e tenho certeza que construíremos uma realidade ainda mais brilhante para a nossa atividade”.

Coquetel e presença de parlamentares

Uma confraternização encerrou os debates do primeiro dia com um coquetel à base de carne suína. Além das lideranças presentes, o evento contou com a presença do presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária, Alceu Moreira. O deputado defendeu a desburocratização do sistema agropecuário por meio de uma comunicação mais transversal e descentralizada, o que pode contribuir estrategicamente para a melhoria do agronegócio.

O parlamentar Jerônimo Goergen também compareceu à confraternização e reafirmou seu apoio aos produtores de suínos brasileiros. No almoço de encerramento, na quinta-feira (21), o deputado José Carlos Schiavinato, presidente da Frente Parlamentar da Suinocultura,  discursou sobre seu compromisso com a cadeia suinícola e frisou a importância da colaboração do setor para construírem em conjunto uma agenda em prol dos interesses dos produtores.