Notícias

Fale com a comunicação da ABCS

Voltar Publicado em: sexta-feira, 18 de março de 2022, 1h49

Resposta oficial do MAPA sobre medidas emergenciais de apoio à suinocultura são tratadas em reunião de afiliadas da ABCS

A reunião contou com a presença dos presidentes das associações do Sistema, do secretário da SPA, Guilherme Bastos e do coordenador geral de culturas perene e pecuária, João Salomão

O presidente da Associação Brasileira dos Criadores de Suínos (ABCS), Marcelo Lopes, comunicou as afiliadas da entidade nacional, a resposta oficial da Secretaria de Política Agrícola (SPA) do Ministério da Agricultura, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) sobre as medidas emergenciais de apoio à suinocultura solicitadas ao governo, no mês de janeiro e fevereiro deste ano.  Durante a reunião do sistema, na tarde da última quinta-feira (17), Lopes leu o documento aos participantes e destacou todo o trabalho que a ABCS vem fazendo em prol do setor, mas reforçou que as propostas feitas pela cadeia suinícola exigem do governo “um espaço o orçamentário que já está comprometido”, conforme documento.

“Estamos fazendo o nosso trabalho como Associação – conversando com os governantes e propondo soluções. O MAPA e o Ministério da Economia nos responderam que estão buscando alternativas para que as contratações com recursos equalizados sejam restabelecidas. Temos que ter cautela, pois é um momento muito delicado que os suinocultores estão enfrentando”, explicou Lopes. Na oportunidade, o secretário da SPA, Guilherme Bastos, que teve uma breve participação na reunião, comentou que “infelizmente não tem notícias positivas ao setor”. Bastos explicou que as equipes técnicas de ambas as Pastas (MAPA e Economia) buscam resolver por meio de medidas de crédito extraordinário, mas para isso é necessário um decreto e todo esse trâmite está sendo analisado. 

O secretário falou ainda sobre algumas previsões para o Plano Safra 2022/2023, no qual o MAPA pretende manter as taxas de juros iguais aos do último ano – apenas aplicando o diferencial da Selic.  Já com o foco na suinocultura, Bastos disse que a Linha de Retenção de Matrizes deve ser contemplada no Plano Safra. “A depender do MAPA a linha solicitada pelo setor (Retenção de Matrizes) entrará no Plano Safra deste ano sim.” Ainda representando a SPA esteve presente na reunião o coordenador geral de culturas perene e pecuária, João Salomão. 

Ao final, o presidente da ABCS, Marcelo Lopes pediu que todas as lideranças se unam ainda mais nesse momento e que cada um reforce o trabalho político no seu estado. “Conversem com os seus deputados e senadores, levem as demandas da cadeia, mostrem os números e os impactos da crise no nosso setor, pois os parlamentares trabalham em prol de suas bases e essa articulação traz força para o debate em Brasília”, concluiu.