Notícias

Fale com a comunicação da ABCS

Voltar Publicado em: quarta-feira, 16 de março de 2022, 11h36

SNCS 2022: ABCS antecipa maior vitrine da carne suína no varejo brasileiro para impulsionar a demanda da proteína em todo país

Este ano a campanha será realizada de 1 a 17 de junho para ampliar as vendas nas gondolas e a presença da proteína na mesa do brasileiro

Em 2022 a Semana Nacional da Carne Suína (SNCS), em sua décima edição, vem mais uma vez se mostrar como uma aliada da cadeia de suínos, especialmente neste momento de dificuldade enfrentado pelo setor. Mostrando-se como uma aliada dos produtores, varejistas e consumidores, ano após ano a iniciativa da Associação Brasileira dos Criadores de Suínos (ABCS) impulsiona as vendas da proteína, comunica seus atributos e insere a carne suína na cultura dos brasileiros, impactando em números positivos e ganhos para todos os elos da cadeia.

O consumo per capita de carne suína vem crescendo junto com a SNCS, desde o começo dessa jornada em 2013, o consumo no Brasil aumentou significativamente em 32%Apenas em 2021, a SNCS foi responsável por gerar 13 milhões de reais em vendas de carne suína nas maiores redes de varejo do país, tanto por evidenciar a proteína nesse período e aplicar uma metodologia de educação aos colaboradores do varejo, quanto por fomentar verdadeiros festivais de variedade e ofertas atrativas para os consumidores. 

Sendo assim, por que deixar para depois o que você pode vender agora? A suinocultura brasileira vem enfrentando uma das maiores crises financeiras que o setor já testemunhou. A alta nos custos de produção, principalmente do milho e da soja, a queda das exportações previstas para a China, a ameaça à cota de exportação para a Rússia, e a superoferta no mercado brasileiro, somados a alta na inflação e a queda no poder de compra dos consumidores formam a oportunidade perfeita para antecipar esse evento que marca o agronegócio e o varejo brasileiros. Este ano a SNCS vem como um instrumento para ajudar a cadeia a atenuar e enfrentar esses desafios, antecipando o evento para que produtores, frigoríficos e varejistas possam antecipar suas vendas.   

“Resolvemos antecipar a SNCS como uma das medidas adotadas pela ABCS de enfrentamento à crise, pois ela tem se provado uma impulsionadora nas vendas da carne suína, e pode ser utilizada para escoar o excedente da produção, já que costuma ser uma época de muitas promoções, também importantes para os consumidores que têm enfrentado dificuldades para manter a compra de proteína”, explica Marcelo Lopes, presidente da ABCS.